segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Dialetos Namek

Namek Go
Os fãs da série devem se lembrar das cenas onde Piccolo e Kami Sama, disfarçado, começam a falar numa língua esquisita e com caracteres mais estranhos ainda. Na verdade, essa é a língua falada no planeta Namek, o Namek-go. O interessante é que realmente alguns símbolos tem um significado real e fixo, devido a forma de como são mostrados. Vejam os exemplos abaixo:
Uma palavra usada para mostrar a causa e o efeito do passado e presente, assim como “(Já) Estava…” e “Porque é…”
Uma palavra usada para expressar ênfase na palavra acima. Pode ser traduzido como “(Já) Estava… desde o começo, então…”
Expressa coisas como “(Já) Estava…” Ainda existem frases onde isso expressa coisas como “Logo antes…”
Uma palavra usada para contradizer ou negar algo, como “(Ainda) Não estava…”
Uma palavra usada pra expressar uma intenção, assim como “Eu (não) quero…” ou “Eu planejo…”
“Namek” ou “Planeta Namek” (dois significados diferentes, o primeiro não se refere ao planeta)
“Uma pessoa de (sentido de origem)…” ou “Alguém de (sentido de origem)…” (ou “Algo de (sentido de origem…”)
“Kami” (“Deus”)
“Piccolo”
“Bom (Sentido de concordar com algo)”
“Suicídio”
Possui dois significados. 1 – Uma palavra usada para mostrar um ato de matar, assim como “Eu vou matar (você)…”; 2 – Uma palavra usada para ser incorporada a um medo ou um grande perigo.
A seguir, temos algumas cenas entre Piccolo e Kami Sama falando na língua Namek (Namek-go).
Mr. Popo também aprendeu algumas palavras no idioma Namek com Kami Sama. Dentro da nave que trouxe Kami Sama ao planeta Terra, Mr. Popo diz no idioma Namek para que a nave vá até a Júpiter:
O primeiro contato com Freeza e os Nameks foi feito ao idioma nativo deles, por Muuri. Entretanto, Freeza exigiu que Muuri falasse de forma que ele entendesse:
Porunga, O dragão deus do planeta Namek, deve ser evocado na língua nativa de Namek. Durante a saga do Freeza, Dende fala a seguinte frase para chamar Porunga:
Essa é a razão de Porunga não ter aparecido quando Kuririn e Gohan tentaram evocá-lo.
O primeiro pedido de Dende a Porunga, usando o idioma de Namek foi ressuscitar Piccolo:
O segundo desejo de Dende a Porunga foi trazer Piccolo até o planeta Namek:
E o terceiro desejo de Dende a Porunga foi fazer com que todos os seres que estavam no planeta Namek fossem para a Terra, exceto Freeza e Goku:
Após a derrocada de Freeza por Goku, Dende evoca novamente Porunga pra trazer o corpo de Kurilin à Terra:
Os demais pedidos não são mostrados no idioma Namek.
Durante a saga de Buu, Kid Buu destruiu a Terra. Com o desenrolar das cenas, Muuri, o novo Patriarca de Namek, evoca Porunga:
Então, com as Dragon Balls de Namek, Dende pede a Porunga o primeiro desejo:
Na verdade, esse pedido fazia parte de um plano de Vegeta para derrotar Buu.
E este foi o outro pedido de Dende a Porunga:
Este desejo é uma continuação do plano de Vegeta. As criaturas e pessoas que morreram desde o dia que Babidi chegou à Terra foram trazidos de volta a vida e pedidos para ajudarem a derrotar Buu.
Depois que Porunga concordou em conceder o último pedido (de restaurar a força do Goku), Dende reforçou o pedido, no idioma Namek:
No mangá brasileiro nº 31 de Dragon Ball, as páginas 7, 8, 9 e 10 não aparecem a simbologia em Namek-go. A CONRAD apenas colocou o texto em Português, destoando completamente toda a essência daquela ocasião. A CONRAD, responsável pela veiculação de Dragon Ball no Brasil, nunca se pronunciou quanto ao caso.
Créditos: Kami-Sama

Nenhum comentário:

Postar um comentário